TAP em altos voos: nova rota para a Cidade do Panamá e mais frequências para o Brasil; Bogotá, Lima, México em cima da mesa enquanto se espalham os boatos de A340-600s na frota....


A TAP inaugurou, hoje, os seus voos de Lisboa para a Boavista (Cabo Verde) e Tânger (Marrocos), em concretização de um dos seus recentes planos de expansão e aposta em novos mercados. A estratégia da transportadora tem conseguido, não obstante as circunstâncias do país e as dificuldades que as transportadoras tradicionais atravessam, levar a TAP a cada vez mais se afirmar como uma "global player" de ligações intercontinentais.

O mais recente plano de expansão aposta, como noticiámos, na aposta de sucesso que tem sido o Brasil, lançando novas ligações a Manaus e Belém mas, também, incrementando ainda mais a oferta disponível para as demaias rotas brasileiras já existentes: O Rio de Janeiro passará a ter dois voos diários de Lisboa e dois semanais do Porto e São Paulo onze voos semanais de Lisboa e três do Porto.

Salvador, Recife, Fortaleza, Belo Horizonte e Brasília contarão todos e cada um com um voo diário para Lisboa; Porto Alegre contará com seis ligações semanais, Natal com quatro voos semanais para Lisboa e Campinas com 3 voos semanais para a capital portuguesa;

Por fim, a nova rota Lisboa - Belém - Manaus - Lisboa contará com 3 voos semanais.

Mas, recentemente, o presidente da TAP fez saber que a transportadora irá "surpreender" o mercado em 2014. Sendo que a companhia anunciou já novas rotas e aviões, que surpresas serão essas que o mercado ainda não sabe?


Parecendo óbvio que a TAP se prepara para lançar na concorrência direta com a Iberia no seu território natural - aquele da hispanofonia, ultimamente debilitado em face de cortes de oferta operados pela transportadora espanhola - cumpre questionar como, onde e através de que meios e destinos se apoiará esta "surpresa" que a TAP prepara para 2014.

Chegados aqui, sejamos francos, pouco mais nos restará senão os boatos que nos vão chegando de dentro da transportadora. Assim, o AIR LOW COST INFO sabe que, em cima da mesa, estará um acordo com a Airbus para mais aeronaves de longo curso A340 (até 4 unidades da versão gigante do A340, o 600), aproveitando o facto de o mercado secundário dos Airbus A340 se mostrar, nos próximos meses, bastante robusto e apelativo para as transportadoras;

A juntar-se ao Panamá, cuja surpresa foi "estragada" por Passos Coelho, estarão assim  e também em cima da mesa, ligações para Lima, Bogotá e Cidade do México.

[esta e demais notícias e promoções, também na página facebook do AIR LOW COST INFO. Consulte, também, a nossa versão para dispositivos móveis 

Comentários

EMBARQUE POPULAR