Turkish Airlines segue imparável na sua expansão...com voos para o Porto em vista para 2014.



As ambições da Turkish Airlines parecem não ter limite em face da expansão insaciável da companhia: em escassos dias conheceram-se novas rotas para Colombo, Douala, Constanta (Roménia), Libreville, Kigali, Edimburgo, Alicante, Luxemburgo, Génova, Tallin, Vilnius e Santiago de Compostela e, ainda, o enorme aumento das frequências de rotas como Zurique, Roma, Madrid, Dusseldorf, Bruxelas e Frankfurt. Mais: a companhia prepara-se para lançar mais 30 rotas nos próximos meses e encomendar até 150 novas aeronaves até Março de 2013, nestas se incluíndo o superjumbo A380.

A transportadora - note-se - aposta forte na expansão para aeroportos de matriz regional carentes de ligações globais via um qualquer hub e que se sentem atualmente desprotegidos pelos modelos de negócio disponíveis no mercado. Variados aeroportos europeus que não sustentariam, por si, uma ligação ponto a ponto a Istambul (por exemplo, Santiago de Compostela) estão a conseguir ligações da empresa justamente por a mesma oferecer uma imensa rede de distribuição global que é já a maior do mundo no que toca a países servidos. Por outro lado, a maior procimidade geográfica de Istambul à Europa por comparação, por exemplo, ao Dubai, permite à empresa empenhar nas suas ligações aviões mais pequenos, com menor capacidade e, assim, mais rentáveis face às concorrentes como a Emirates que etrão necessariamente que afetar aviões widebody, de maior dimensão, tornando insustentável a operação para aeroportos com um vínculo mais regional.

A transportadora turca olha com interesse para a Península Ibérica, preparando-se para, além do lançamento de Santiago de Compostela anteriormente referido, aumentar a frequência dos seus voos para Madrid, Barcelona, Valência, Málaga, Bilbau e Lisboa (a empresa quer duplicar os seus voos).


Em 2023 celebra-se o centenário da República de Ataturk e os turcos parecem apostados em afirmar o apogeu geopolítico do seu país a todos os níveis, incluindo o da aeronáutica civil. 

Ao desenfreado crescimento antecipado, responde o Estado turco com o lançamento das obras daquele que será o maior aeroporto do mundo em termos de passageiros por ano, com uma capacidade projetada de 150 milhões/ano, muito superior ao atual recorde do mundo (Atlanta, EUA, com 92 milhões de passageiros) e 10 vezes mais do que move o aeroporto de lisboa ou 25 vezes superior aos atuais movimentos anuais de passageiros em Faro ou Porto. O novo aeroporto - com cinco a seis pistas! - deverá alavancar as ambições expansionistas quer da Turkish Airlines quer das pujantes low cost turcas como a Pegasus ou a Anadolujet.

[esta e demais notícias e promoções, também na página facebook do AIR LOW COST INFO. Consulte, também, a nossa versão para dispositivos móveis]

Comentários

EMBARQUE POPULAR