Air Canada dá a conhecer a sua nova filial para o baixo custo - Air Canada rouge


A companhia de bandeira  canadiana deu a conhecer, passada terça feira, a sua nova filial para o setor de viagens de lazer e a baixo custo - Air Canada rouge - que, como se assume algo evidente, se destina a estancar a perda de clientes para a especialista canadiana no setor de lazer Air Transat (com voos para Faro, Lisboa e Porto).

O produto criado assume-se, aparentemente, híbrido: se, por um lado, se aposta na colagem à marca da casa mãe "Air Canada", conhecida pela qualidade e padrões de serviço, disponibilizando-se serviços como, por exemplo,  refeições gratuitas, por outro lado aposta-se na linha típica do estereótipo "low cost" reduzindo o pitch (isto é, a separação) dos lugares a bordo e cortando no entretenimento.

A frota da empresa será, no início, de apenas 4 aeronaves: 2 Boeing B767/300 ER para os voos para a Europa e dois A319 para os voos para as Caraíbas, vindos da frota principal da companhia mãe. À medida que a Air Canda for renovando a sua frota, o que acontecerá nos próximos meses, a empresa mãe tenciona transferir para a sua nova subsidiária até mais 50 aparelhos, o que torneará numa potencial ameaça à Air Transat e uma possível operadora a curto/médio prazo dos aeroportos portugueses que atualmente detêm ligações da Air Transat.

No que toca às comodidades do passageiro, esta nova transportadora não apostará em produtos já "Standard" das transportadoras de linha como ecrã de TV individual nos assentos ou internet. Contudo e através do pagamento de uma taxa, os passageiros poderão ter acesso a live streaming de filmes ligando-se ao sistema a bordo através dos seus leitores de DVD ou computadores portáteis.


Os serviços desta nova transportadora iniciar-se-ão a 1 de julho de 2013.

[esta e demais notícias e promoções, também na página facebook do AIR LOW COST INFO. Consulte, também, a nossa versão para dispositivos móveis

Comentários

EMBARQUE POPULAR