Syrian Air impedida de voar para e (de facto) sobre a União Europeia


A Aviação também é (muito) feita de geopolítica.  A recente reunião do Conselho Europeu de passada segunda-feira decidiu uma série de novas medidas retaliatórias contra o regime do ditador sírio Bashar Al-Assad, acusado de vir alimentando uma sanguinária repressão da revolta em curso contra o regime de Damasco. 

Além do congelamento dos bens de 28 personalidades sírias afetas ao regime e, ainda, da proibição da sua entrada em território da União Europeia, o Conselho decidiu-se ainda pela proibição de aterragem de quaisquer voos de passageiros ou de carga da companhia nacional síria - a Syrian Air - o que levou ao cancelamento de uma relativamente relevante rede de destinos na UE - Madrid, Viena, Londres Heathrow, Larnaca, Bruxelas, Paris Orly, Copenhaga, Estocolmo, Bucareste, Amesterdão, Milão, Roma, Berlim, Frankfurt e Atenas - e, ainda, Zurique dado que as autoridades helvéticas, não obstante  não parte da União Europeia, seguirão a decisão desta na interdição de operações da Syrian Air.

Do ponto de vista jurídico, a interdição não afeta o sobrevoo por parte da Syrian Air do espaço aéreo europeu, estando ainda autorizadas quaisquer aterragens de emergência. Contudo, e na prática, com o impedimento imposto à contratualização de quasiquer entidades com a Syrian Air, formalidades necessárias ao sobrevoo como a atividade seguradora tornaram-se extremamente inviáveis, senão mesmo impossíveis. Pelo que a companhia enfrenta, assim, um impedimento de facto de sobrevoo do território europeu.

Recorde-se, que recentemente, dois caças bombardeiros da Força Aérea Turca obrigaram um aparelho A320 da companhia que assegurava um voo comercial entre Moscovo e Damasco a aterrar em Ancara por,segundo o Governo da Turquia, se encontrarem a bordo armas enviadas pela Rússia para alimentar a guerra mantida por Bashar Al-Assad. A tensão geopolítica do triângulo Moscovo/Damasco/Ancara levou já  ao impedimento da Turkish Airlines de sobrevoo do território sírio o que vem afetando pesadamente as suas oeprações, dada a localização geográfica da Turquia.

[esta e demais notícias e promoções, também na página facebook do AIR LOW COST INFO. Consulte, também, anossa versão para dispositivos móveis

Comentários

EMBARQUE POPULAR