Lufthansa cria nova companhia aérea com base na Germanwings


A gigante alemã Lufthansa vai criar uma nova companhia aérea já a próximo dia 1 de Janeiro, destinada a concentrar os voos domésticos e todos aqueles europeus à partida dos aeroportos alemães que não Frankfurt (FRA) e Munique (MUC),  e que agora  são (ainda)operados pela Germanwings, Lufthansa e Eurowings. A nova transportadora, de nome comercial e operacional ainda desconhecido, terá, como a própria Lufthansa, sede em Colónia e iniciará operações com 90 aeronaves, fruto da fusão anunciada, transportando cerca de 18 Milhões de passageiros.

Trata-se de mais um afloramento da tendência observável no setor da aviação comercial europeia: a subida de custos, a concorrência das transportadoras de baixo custo, a crescente crise europeia e a concomitante necessidade de eficiência financeira e económica das operações vem forçando os grandes grupos das companhias tradicionais a redefinir a sua oferta europeia: a holding IAG (dona da Iberia e da British Airways) vem apostando na low cost Iberia Express, o Grupo Air France_KLM anunciou o reforço das operações Transavia em toda a Europa e o grupo Lufthansa surge, agora, com o presente anúncio. 

Esta nova companhia aérea da Lufthansa assumirá, tudo indica, as ligações do grupo LH de Dusseldorf, Colónia e Estugarda para Lisboa, de Berlim e Dusseldorf para o Funchal, e de Colónia e Estugarda para Faro. As operações de Faro e Lisboa para Munique e Frankfurt e do Porto para Frankfurt manter-se-ão, tudo indica, no quadro de operações da Lufthansa.

Recorde-se, aliás, que as transportadoras do grupo Lufthansa têm sofrido fortes impactos em virtude da crise e da concorrência: a Brussels Airlines cancelou toda a sua operação na Polónia e para Mombasa e suspendeu, durante o Inverno, os seus voos para Sevilha, Porto, Atenas, Florença, Nápoles, Catania e Faro. Até a helvética Swiss Airlines, na prática a transportadora de bandeira da Suíça detida pela Lufthansa, conhecida pela sua qualidade, serviços e preços relativamente altos, foi obrigada recentemente a enfrentar a concorrência da easyJet em Genebra e Basileia lançando uma campanha generalizada de voos europeus a 49 CHF (cerca de 40 Euros).

Em Portugal, recorde-se, a Lufthansa opera de  para Frankfurt, Munique e Dusseldorf,  assegurando, também e à partida de  para Frankfurt. Este ano a companhia apostou no aumento da frequência das suas ligações à partida de Faro e iniciou uma ligação semanal, já iniciada, do Funchal para Berlim e Dusseldorf.

Por seu turno, a subsidiária para o mercado do baixo custo Germanwings opera à partida de  para Colónia, e, de Março a Novembro, à partida de  para Colónia e Estugarda.

[esta e demais notícias e promoções, também na página facebook do AIR LOW COST INFO. Consulte, também, anossa versão para dispositivos móveis 

Comentários

EMBARQUE POPULAR