Ryanair: 3 aterragens de emergência no mesmo dia e no mesmo aeroporto por falta de combustível


A polémica - mais outra das que usualmente atingem a Ryanair - estalou e motivou já a abertura de um inquérito por parte das autoridades espanholas de regulação do setor da aviação civil. A imprensa irlandesa revelou que, passado dia 26 de Julho e em resultado de severas tempestades de trovoada sobre o aeroporto de Barajas, Madrid, três voos da Ryanair foram desviados para Valência, a cerca de 45 a 50 minutos de voo, aonde foram colocados em espera. Poucos minutos depois, as tripulações declararam não ter já combustível para regressar a Madrid tendo sido, então, autorizada a sua aterragem em Valência.

Não obstante,  e segundo a imprensa irlandesa - recorde-se, país sede da Ryanair - mais do que falta de combustível, as três aeronaves declararm emergência total por essa razão, tendo emitido o conhecido chamamento "mayday", destinado  apenas a situações de última urgência e perigo iminente para a aeronave. Destes 3 voos Ryanair, dois emitiram "mayday" por falta de combustível com uma separação entre si de apenas 3 minutos.

Investigando este assunto, o diário irlandês "Independent" notou que as instruções emitidas pela companhia aos seus pilotos passam por uma rigorosa gestão do combustível abastecido a cada aeronave para cada voo de modo a que a poupança efetiva, quer no custo de cada abastecimento quer no peso do avião e, por conseguinte, no gasto da aeronave seja conseguido. A empresa impõe, pois, um limite máximo de combustível extra para cada voo que, não obstante dentro dos limites legais, esvazia por completo o  campo de discricionariedade técnica das suas tripulações.

Em sua defesa, disse a transportadora que as emergências em causa foram declaradas quando as aeronaves atingiram o seu limite mínimo permitindo-lhes, nesse momento, voar ainda mais 30 minutos.

Em Portugal, a Ryanair disponibiliza voos de para 31 destinos com os seus 7 aviões baseados na capital algarvia e do para 32 aeroportos com 5 aeronaves em Francisco Sá Carneiro. 

[esta e demais notícias e promoções, também na página facebook do AIR LOW COST INFO. Consulte, também, anossa versão para dispositivos móveis]

Comentários

EMBARQUE POPULAR