Ryanair corta 36 e reduz capacidade noutras 78 rotas espanholas em resultado da crise e das taxas. Aeroporto do Porto particularmente afetado...

(foto retirada daqui)

Depois da easyJet ter acabado com a sua base de Madrid em face do adensar da crise financeira e da subida das taxas aeroportuárias, surge agora a reação da gigante Ryanair à deterioração das condições de viabilidade comercial da sua operação espanhola, cortando um impressionante conjunto de 21 rotas nas Canárias, 11 rotas em Madrid, 4 em Barcelona retirando, ainda, 3 aeronaves à base da capital espanhola e subtraindo outras 2 da base de El Prat, em Barcelona.

No que toca às rotas portuguesas, o Aeroporto do Porto sai particularmente afetado pelos cortes de frequências nas rotas espanholas da Ryanair:  a rota de Madrid terá menos 5 voos por semana, Barcelona terá menos 3 voos por semana, Valência menos 1 rotação semanal e a rota Porto-Tenerife é mesmo cancelada.

No que tange a operação de Faro, de onde a empresa assegura voos para Madrid, a Ryanair afirma proceder não a um cancelamento da rota durante o Inverno mas apenas a uma redução de capacidade. Ora, tal afigura-se, no mínimo, estranho porquanto a Ryanair não opera nem vem operando nos últimos anos esta rota durante o Inverno sendo que tal anúncio de corte de capacidade durante o Inverno, e não a sua suspensão, só faria sentido se a mesma fosse usualmente operada de Novembro a Março, o que não sucede.

Espanha tem sido, assim, novo foco da sangria de tráfego aéreo que o sul da Europa vem sentindo. Recorde-se que se têm sucedido os cortes e supressões de ligações nos países mais afetados pela crise da dívida soberana europeia, muitas das quais aqui analisámos e fizémos referência. Recentemente, a wizz air anunciou um corte das operações de Madrid e Barcelona e, entre muitos outros cortes no sul da europa, a Singapore Airlines fez recentemente saber que se prepara para reduzir as suas operações em Barcelona e Milão e a Emirates reduzirá a capacidade na rota de Atenas.



[esta e demais notícias e promoções, também na página facebook do AIR LOW COST INFO. Consulte, também, anossa versão para dispositivos móveis]

Comentários

EMBARQUE POPULAR