Delta Airlines entra no negócio dos petróleos


Para grandes males, grandes remédios. E se há indústria dinâmica e inovadora, essa é seguramente a Aviação: face à constante e conhecida subida dos combustíveis, e concomitantemente, dos custos operacionais, a gigante norte americana Delta Airlines decidiu adquirir uma refinaria de petróleo, tornando-se na primeira companhia aérea do Mundo a investir no negócio dos petróleos.

Apostada na redução dos custos de refinação da matéria prima e transformação em combustível para a avaiação, a empresa decidiu-se pela aquisição, por 100 Milhões de dólares americanos ( 76.78 M€/ R$ 200.3M), de uma refinaria desativada há 6 meses, tendo para tal recebido um apoio do Estado da Pensilvânia cifrado em 30 Milhões de Dólares com vista à promoção de novos postos de trabalho.

O investimento permitirá à transportadora poupar uma média de 300 Milhões de Dólares por ano nas suas faturas de combustível, sendo que, segundo as contas da empresa, seria necessário proceder à aquisição de 60 novos aviões Boeing 737 de nova geração e mais eficientes em combustível para obter semelhante poupança.

A refinaria, agora da transportadora, terá capacidade para produzir 80% de todo o combustível comprado nos EUA pela companhia aérea sendo que a fatura do produto, no todo da sua operação mundial, representa 40% dos custos da empresa.

A mais velha transportadora americana ainda em operações - fundada em 1929 - assegura cerca de 5000 voos por dia, sendo a maior companhia aérea do mundo no que toca ao número de aeronaves - 714 só na empresa principal, sem contar com as transportadoras subsidiárias como a Delta Connection. 

[esta e demais notícias e promoções, também na página facebook do AIR LOW COST INFO. Consulte, também, anossa versão para dispositivos móveis]

Comentários

EMBARQUE POPULAR