Ryanair tenta suprimir um dos WCs das suas aeronaves

A , transportadora irlandesa e maior empresa low cost europeia, vem de novo a público com mais uma tentativa mediática relacionada com o aproveitamento do espaço dos seus aviões. Depois de uma pouca elaborada e duvidosa vontade de passar a cobrar pela utilização dos lavabos disponíveis a bordo das suas aeronaves, a gigante do baixo custo surge agora com uma proposta bem mais credível e, até, verosímil: a supressão de um a dois dos sanitários disponíveis a bordo, deixando apenas um disponível e conseguindo, através de conversações com a fabricante Boeing, a certificação das suas aeronaves para mais seis lugares. A companhia informa que tal possibilidade potenciaria o cote de 2 Libras em bilhetes que, em média, se cifram nas 40 Libras Esterlinas.

Em Portugal, a Ryanair disponibiliza voos de para 31 destinos com os seus 7 aviões baseados na capital algarvia e do para 32 aeroportos com 5 aeronaves em Francisco Sá Carneiro.

Comentários

EMBARQUE POPULAR