Ryanair em Portugal: travão a fundo no Inverno 2011

A , transportadora irlandesa e maior empresa low cost europeia,bem pode promover conferências de imprensa em Lisboa, como a ocorrida há duas semanas, onde sublinhou e enfatizou o seu "espetacular crescimento em Faro e no Porto"....mas prepara-se para uma assinalável redução de operações em Portugal, tanto na base do Porto como na de Faro. A redução é tão significativa que implica uma forte descida dos lugares disponíveis não apenas por comparação com o Verão 2011, como é normal, mas com o próprio período homólogo transato - o Inverno 2010/2011.

Assim, e como demonstra o blog aerOPOrto, sítio especializado nas novas emanadas do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a Ryanair efetuará  um corte de cerca de 220.000 lugares na sua programação a partir do Porto, cancelando as suas ligações para Bremen, Las Palmas, Rodez, Bolonha, Maastricht e Londres Gatwick, reduzindo, ainda, as frequências para Karlsruhe-Baden, Memmingen, Valencia, Lille, Marselha, Marrakesh e Eindhoven. O número de aeronaves afetas ao Porto será reduzido para de 5 para 4.

Michael O'Leary, em entrevista ao sítio Low Cost Portugal, já havia anunciado que, neste Inverno, o Porto não veria qualquer crescimento e Faro teria um crescimento moderado.

Justamente na capital algarvia, de relevar, não apenas a costumeira redução de oferta por via da entrada do Inverno (com a suspensão até Fevereiro de rotas como Estocolmo, Oslo, Kerry, Londonderry, Madrid ou Maastricht) mas também a mudança operada na oferta de modo a reduzir o mercado alemão e aumentar a preponderância do inglês, com a Ryanair a suspender Bremen e Frankfurt (rotas tradicionais de Inverno) e a manter, nesta época, ligações outrora sazonais e/ou novas - como sejam Leeds e Manchester. Note-se, ainda, a curiosa redução da operação de Londres Stanted, que no último Inverno havia sido efetuada diariamente e que no período pós 30 de Outubro será operada apenas 4 a 5 vezes por semana. A rota de Faro para o Porto, servida por aviões e tripulações baseadas no Algarve, será, no entanto, aumentada contando com mais um voo por semana por comparação ao Inverno 2010/2011.

A base de Faro, que conta com 7 aeronaves ao seu serviço, verá a operação permanente ser reduzida a 3/4 aviões durante a época invernal, ficando as demais aeronaves estacionadas, tudo indica e à semelhança do Inverno passado, na placa do Aeroporto algarvio aguardando o regresso do mês de Fevereiro/Março, altura em que serão retomados as rotas suspensas.

Não obstante, e das palavras de Michal O'Leary, CEO da Ryanair, ditas na entrevista acima referida, o Porto poderá regressar ao crescimento em Março com a atribuição de mais uma aeronave (ficando com um total de 5 a 6) e Faro com a atribuição de mais 2 aeronaves, ficando a base algarvia com uma já considerável frota de 9 aeronaves a partir de Março 2012.

Comentários

Sérgio Bastos disse…
Na oferta sazonal a Ryanair tem baseado sempre 3 aviões, com aumento de tráfego a partir de fevereiro. No big deal.

Mas comprova o que vem sendo dito há meses. Estamos numa fase de consolidação / estagnação.

Obrigado por teres mencionado a entrevista LCP ao MOL, e por louvares o bom trabalho que o AerOPOrto tem vindo a fazer. Para quando um blog do aeroporto de FAO? ;)

EMBARQUE POPULAR