Finnair e low cost Jetstar em acordo de interline e code share

A low cost e a companhia de bandeira finlandesa deram início à execução do seu acordo de interline assinado passado mês de Dezembro, nos termos do qual a companhia finlandesa passará a poder encaminhar os seus passageiros directamente de voos Finnair para voos da low cost Jetstar, apenas com um só bilhete emitido pela transportadora nórdica e através dos aeroportos de Osaka, Tóquio, Bangkok, Hong Kong e, a partir de Maio de 2011 e aquando do começo das ligações diárias Finnair em A330, também Singapura.

Desta forma, os passageiros da operadora finlandesa, membro da aliança Oneworld, poderão ser encaminhados para destinos na orla do Pacífico (sobretudo Austrália e Nova Zelândia) servidos pela low cost Jetstar à partida daqueles aeroportos asiáticos onde opera a Finnair.

Este acordo parece ser mais um afloramento da nova tendência do mercado da Aviação. depois de um período inicial de completa rivalidade e bipolarização em modelos dificilmente conciliáveis, parece agora assistir-se a uma progressiva aproximação das transportadoras tidas por "clássicas" às low cost para que estas assumam a tarefa de distribuição de tráfego regional das linhas globais daquelas. Alguns exemplos, já abordados no AIR LOW COST INFO foram:

A low cost jetstar, propriedade da transportadora dita 'clássica' Qantas, tem vindo a afirmar-se como um dos nomes mais respeitados no mundo da aviação low cost. Com 60 aeronaves e encomendas firmes de outras 60 mais, a empresa desenvolve-se actualmente no arco do Oceano Pacífico, tendo já bases operacionais sob nome Jetstar em vários aeroportos e paises: Melboune, Sydney e Gold Coast (Austrália), Auckland (Nova Zelândia), Singapura e Cidade de Ho chi Minh (Vietname).

A Finnair é a maior companhia finlandesa, membro da aliança Oneworld, sendo que, com 64 aeronaves, serve 66 destinos em todo o Mundo, tendo-se especializado de mercado de longo curso da Europa para a Ásia. Em Portugal serve (em Boeing B757) e (em A320), mas apenas de Abril a Outubro.

Comentários

EMBARQUE POPULAR