Jetstar encomenda mais 15 aeronaves Airbus e prepara-se para chegar à Europa

A low cost Jetstar Airways - subsidiária para o mercado do baixo custo criada pelo gigante australiano do transporte aéreo Qantas - anunciou a aquiição de 15 aeronaves Airbus da família A320, incluindo o A321. A companhia pretende, com esta encomenda, reforçar a sua base de voos á partida de Melbourne.

Recorde-se que encomendados, e com chegada iminente, estão ainda 5 aeronaves wide body A330, que deverão começar a chegar às mãos da empresa no período de janeiro a Junho de 2010.

A empresa dará inicio, com o A330, a voos domésticos em wide body, com melhor sistema de entretenimento de voo e mais espaço entre assentos em todas as classes.

Mais, a companhia recebeu já autorização para utilizar os seus A330s em voos low cost de longo curso para Atenas e Roma. A empresa havia encomendado os novíssimos Boeing B787 à construtra americana de Seattle para assegurar os desejos de vir a realizar voos para a Europa a baixo custo. Contudo, o atraso e os falhanços repetidos no projecto Boeing, obrigaram a low cost australiana a optar pelo modelo europeu concorrente, o A330.

A empresa divulgou já que as tarifas 'one way' de Roma ou Atenas para Sydney deverão rondar os 500 dólares autralianos, cerca de 300 euros, todas as taxas incluídas.

O Grupo Jetstar é já um dos nomes mais respeitados no mundo da aviação low cost. Com 60 aeronaves e encomendas firmes de outras 60 mais, a empresa desenvolve-se actualmente no arco do Oceano Pacífico, tendo já bases operacionais sob nome Jetstar em vários paises: Melboune, Sydney e Gold Coast (Austrália), Auckland (Nova Zelândia), Singapura e Cidade de Ho chi Minh (Vietname).

A sua entrada recente, por exemplo, no mercado doméstico nezelandês vem afectando o até aqui monopólio de facto das ligações internas da Air New Zealand.

Comentários

EMBARQUE POPULAR