Ryanair reduz base de Liverpool, suprimindo rota de Faro. Possível nova base em Copenhaga

A , companhia low cost irlandesa, a redução das suas operações na base de Liverpool a partir de Abril de 2009. A empresa prepara-se para suprimir 50 postos de trabalho no aeroporto, retirando dali uma a duas das suas aeronaves lá baseadas e esperando transportar menos 200000 passageiros em 2009 do que no ano passado.

A razão prende-se, segundo o comunicado oficial da companhia, com a descida constante da Libra em face do Euro (já próximos da paridade) e com a insistência do Executivo britânico no aumento das taxas administrativas impostas aos passageiros à partida dos aeroportos britânicos que vêm tornando, segundo a Ryanair, inviáveis muitas rotas à partida do Reino Unido, tornando-se preferível canalizar aviões para outros mercados europeus.


A rota de Faro, que enfrentava já pesada concorrência da easyjet na mesma ligação, foi anunciada e inaugurada em Outubro de 2008.. A ligação Porto-Liverpool manter-se-à por ora, mas havia já sido passada a sazonal. Contudo, a companhia anunciou já que fará mais supressões de rotas à partida de Liverpool brevemente pelo que a manutenção do Porto no Inverno IATA 2009 não é certa.


Por outro lado, o Aeroporto de Copenhaga prepara-se para, a breve trecho, abrir o seu novíssimo "Swift Terminal", pensado e concebido para as companhias low cost e visando a redução dos custos de operacionalida do aeroporto da capital dinamarquesa. A imprensa europeia dá por altamente provável um anúncio da Ryanair de uma nova base naquele aeroporto, avançando-se já que serão 10 as novas rotas propostas. As negociações - ao momento, bem encaminhadas - são oficialmente confirmadas pelo governo dinamarquês, devendo estar para breve o fumo branco.

Comentários

EMBARQUE POPULAR